HomeJundiaíProfessora é premiada com projeto que integrou aluna haitiana

Professora é premiada com projeto que integrou aluna haitiana

“Haiti: Terra da Sonaika” é o nome da iniciativa que foi trabalhada durante todo o ano letivo com a turma da professora Anilza Carla Torres. A cada início de ano, cada professor é convidado a criar um projeto para sua turma de acordo com as particularidades das crianças.

Anilza professora da Emeb João Batista Toledo, no Jardim Tamoio, pensou em um projeto sobre o Haiti pois esse era o diferencial da turma. “Considerei importante as demais crianças conhecerem o lugar de onde veio Sonaika porque só assim ela seria valorizada dentro da sala de aula”, defende”.

Sonaika, tem 6 anos e chegou ao Brasil recentemente. Aluna nova, ela pouco fala o português e apresenta dificuldades para se relacionar com as demais crianças. A ideia da professora ao criar o projeto era permitir derrubar essa barreira e permitir a integração de Sonaika aos demais alunos.

O projeto foi separado em cinco partes e desenvolvido semanalmente. Primeiro imagens foram exibidas aos alunos para que entendessem o Haiti de forma visual. Em seguida, souberam do terremoto de 2010 que destruiu parte do país, com consequências que até os dias de hoje. Por fim, foram inseridos nas brincadeiras gastronomia e língua do Haiti.

“Logo no começo do projeto, quando mostrei imagens do Haiti no mapa, Sonaika conseguiu pronunciar algumas palavras em português, incluindo o nome de pessoas que permaneceram no Haiti”, conta a professora.

Em meados de 2018, a garota já era capaz de formar frases e mais integrada a turma. “Foi um projeto de conversa que despertou nos alunos a curiosidade pelo país da Sonaika tornando isso uma forma de entrosamento. Assim, eles acabaram trocando conhecimento em português e francês”, comemora.

 

Leia também: Caminhoneiros começam a marcar nova greve pelo WhatsApp

 

Para a professora tudo é gratificante: um reconhecimento de anos de profissão. “Sou professora há 24 anos e esse projeto representa um retorno ao meu trabalho. Hoje a Sonaika ama a escola. Até um tempo atrás ela me perguntava todos os dias se ia ter aula no dia seguinte e quando chegava sexta-feira ficava triste porque não viria a escola no dia seguinte”, comemora.

Por conta do seu projeto, Anilza conquistou a 1ª colocação na categoria Educação Infantil I di prêmio “Escola Inovadora”, da Prefeitura de Jundiaí. Com isso, ela vai poder desfrutar de uma viagem internacional.




Comentários
})(jQuery)