HomeCidadesSaltoCâmara aciona MP e Cetesb por despejo de óleo o Tietê

Câmara aciona MP e Cetesb por despejo de óleo o Tietê

Os vereadores de Salto Edemilson Pereira dos Santos, Cícero Granjeiro Landim e Márcio Conrado pediram na semana passada a intervenção da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, representada pela promotora Luciana de Fátima Carboni Rodrigues Abramovitch, juntamente com a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), representada pela gerente da Agência Ambiental de Jundiaí, Renata Nogueira de Araújo Loes e o prefeito Geraldo Garcia, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, para que tomem as providências junto à Emae (Empresa Metropolitana de Águas e Energia), para adotar medidas para conter o despejo de óleo, que persiste há uma semana no rio Tietê.

Eles relatam que no início de fevereiro, ocorreu a mesma situação, causando grande impacto, conforme registrado por meio de fotos e vídeos. “Faz algum tempo que os moradores das proximidades desse rio, no bairro Três Marias, estão reclamando do cheiro de óleo”, explica Edemilson.

Leia também: Planejamento promove concurso de idéias para Vale do Rio Jundiaí

Na semana passada, os vereadores registraram novamente, por meio de fotos e vídeos, que os danos ambientais persistem e está nítido que a responsabilidade é da Emae. Segundo o documento, as manchas de óleo surgem embaixo das turbinas da Emae, espalhando-se pelo trecho do rio e deixando marcas em pedras apenas do lado esquerdo, ao lado do Parque Rocha Moutonnée.




Comentários
})(jQuery)