HomeArticulistasAguinaldo OliveiraUm certo otimismo no mercado?

Um certo otimismo no mercado?

Depois de muito tempo, sinto uma reação. Não vou me valer de números (embora eles também dizem o mesmo), mas do sentimento vindo de conversas com pessoas, meus clientes e meus colegas de profissão: A economia começa a andar.

Quando há uma crise como a que estamos passando, muitas pessoas deixam de investir, mesmo tendo recursos para isso. Investidores deixam de colocar seu dinheiro naquele mercado procurando outro, empresas deixam de fabricar em um país para produzirem em outro… mas acima de tudo, pessoas deixam de fazer as coisas.

Mesmo tendo dinheiro guardado, o cidadão fica com medo de usá-lo acreditando que ele pode fazer falta amanhã. Então, deixam de comprar carros, de viajar de fazer cursos e até de comprarem imóveis. Porém, a vontade de fazer isso tudo permanece e quanto mãos o tempo passa, essa vontade fica ainda maior.

É por isso que um evento importante como uma eleição ou uma determinada lei aprovada no congresso normalmente é o estopim para uma retomada, afinal aquele desejo reprimido do cidadão ganha coragem e ele vai lá e reforma o apartamento, gerando trabalho para o arquiteto, pedreiro, pintor eletricista. Mais que isso, gera condições desses voltarem a consumir e bum efeito maior, faz com que todos sejamos beneficiados com essa roda voltando a girar. Vendo isso o investidor traz de volta o dinheirinho dele pra cá.

Tudo começa com o cidadão, a hora é essa. Lembre-se que até o “efeito boiada” começa pelo andar do boi da frente. Em tempo de crescimento, quem larga na frente tem menos concorrência. Quer empreender? Então toma coragem e acelera!




Comentários
})(jQuery)