HomeArte & LazerAgenda CulturalSesc Jundiaí recebe peça O pequeno príncipe preto

Sesc Jundiaí recebe peça O pequeno príncipe preto

“O Pequeno Príncipe Preto” conta a história de um Príncipe que percorre vários planetas com a missão de plantar as sementes da empatia, amor, respeito, coletividade, generosidade e aprendizado familiar. Com diferentes linguagens, o infantil exalta a valorização da cultura negra e retrata o quanto é bonita a diversidade de cada povo. O espetáculo fará apresentações no Sesc Jundiaí nesta quinta-feira (15).

O projeto surge de perguntas que ainda ecoam: Por que a maioria dos livros infantis só tem heróis e príncipes brancos e de olhos claros? Por que as bonecas e bonecos têm características físicas que não se assemelham com a maioria da população brasileira? Por que nas canções e contos infantis o branco é belo e puro e o preto não? As respostas para essas perguntas visam contribuir com o empoderamento, com a autoestima e com o imaginário formativo de crianças e adolescentes negros apresentando personagens de destaque que se assemelhem a eles e façam com que se sintam representados nas histórias que tem acesso.

 

Leia também: Fiec inaugura novo Laboratório de Análises Clínicas

 

Com texto e direção do diretor e ator Rodrigo França, especialista em filosofia para crianças e pesquisas relacionadas à cultura negra, o solo tem performance de Junior Dantas, que integra há 9 anos a Cia. OmondÉ, iluminação de Ana Luzia Mollinari de Simoni e João Gioia, cenário de Mina Quental. As músicas originais foram compostas pelo musicista João Vinícius Barbosa, que também assina a direção musical e arranjos.

A cultura afro-brasileira e africana sempre foi lembrada, exclusivamente, com a temática escravidão no Brasil. A encenação tem uma narrativa que ressignifica fatos históricos e o espetáculo é quase todo embalado por percussão de tambores, somado com lundu (ritmos brasileiros), Kuduro (ritmo angolano) e jazz e soul (ritmos afro- americanos), com uma trilha musical original. A brasilidade múltipla está em cena, através do respeito à diversidade de cores, características, sabores, texturas, sonoridades e sotaques.




Comentários
})(jQuery)