HomeCidadesSaltoCidade tem manutenção precária. Problemas afloram

Cidade tem manutenção precária. Problemas afloram

Moradores de Salto estão aos poucos se acostumando ao abandono da cidade. A manutenção de ruas e espaços de lazer é precária, e os problemas aumentam a cada dia que passa. No Jardim Marília, por exemplo, as ruas estão com muitos pontos afundados, principalmente nas que têm paralelepípedos.

Os problemas mais graves estão nas ruas Jundiaí, Lins, Indaiatuba, Valinhos, Penápolis, Ribeirão Preto, Bragança, Atibaia e avenida Marilia. “Isso oferece risco aos motoristas”, afirma o vereador Edemilson Pereira dos Santos.

Os moradores cobram também que as ruas sejam varridas, além de retirada do mato nos canteiros, áreas públicas e calçadas. Aos problemas causados pela Prefeitura somam-se os de terrenos particulares sem limpeza, praticamente abandonados. Os moradores entendem que a Prefeitura deveria notificar os donos desses terrenos.

 

Leia também: UPA do Novo Horizonte será inaugurada no sábado

 

Na Vila Ideal, os moradores querem a manutenção do espaço de lazer em frente ao Cemus Amália Zuim Garavello. Além da limpeza e pintura dos equipamentos públicos, é preciso a manutenção nos aparelhos de ginástica e do equipamento de academia ao ar livre, bem como a regularização no espaço dos brinquedos, balanços.

“É nítida nítida a falta de conservação, colocando em risco as crianças que ali vão para se divertir, além da água que fica empoçada no local, criando odor e inviabilizando o uso do equipamento”, finaliza Edemilson.




Comentários
})(jQuery)