HomeCidadesCajamarCidade não consegue sossego. Agora são os GMs

Cidade não consegue sossego. Agora são os GMs

Na sexta passada (23), enquanto o presidente da Câmara, Eurico Missé, tomava posse como prefeito – a prefeita Paula Ribas e a vice Dalete de Oliveira, que exercia o mandato, foram cassadas pelo TSE – guardas municipais de Cajamar eram presos na Operação Céu Azul.

A operação, deflagrada pelo Ministério Público, contou com o pessoal do 26º Batalhão da Polícia Militar. Foram presos quatro guardas – um deles inspetor, e outro que exercia função de escrivão na delegacia local. Também foram presos dois acusados de tráfico.

 

Leia também: Polytheama completa 107 anos no dia 13. Com festa

 

A acusação do Ministério público contra os guardas: tráfico de drogas, corrupção ativa e passiva, e falsidade ideológica. Para a operação, foram usados 50 PMs e 16 viaturas.




Comentários
})(jQuery)