HomeArte & LazerAgenda CulturalVintena Brasileira se apresenta no Polytheama nesta quarta-feira (26)

Vintena Brasileira se apresenta no Polytheama nesta quarta-feira (26)

Após quase dois anos sem atividades, a Vintena Brasileira acaba de lançar (r)existir, seu quarto CD. O álbum conta com as participações especiais de Arismar do Espírito Santo e Monica Salmaso. E para o lançamento, a orquestra fará um espetáculo nesta quarta-feira (26), no Teatro Polytheama, às 20 horas.

O título do álbum reforça o sentimento de resistência, de força do grupo, que mesmo enfrentando muitas dificuldades ao longo de seus 15 anos de existência, continua vivo e com o mesmo desejo de seu início: valorizar a música instrumental brasileira, além de formar um público cada vez maior para o gênero.

Adepta da “Música Universal”, termo criado por Hermeto Pascoal para definir a sua composição que mistura todos ritmos e linguagens em um gênero musical, a Vintena Brasileira, capitaneada pelo maestro e pianista André Marques, foi criada em 2003 para ser uma oficina de ritmos brasileiros, com músicos do Conservatório de Tatuí (SP), um dos mais renomados do país. Esse grupo se fortaleceu e, hoje, tem 21 integrantes de diferentes cidades.

O disco foi gravado pela YB music e tem a gestão cultural de Doble Cultura. O projeto foi viabilizado pelo Edital do Programa de Ação Cultural “Concurso de apoio a projetos de gravação de álbum inédito e apresentação de espetáculos de música popular instrumental no Estado de São Paulo”.

A formação da Vintena Brasileira é bem diferente das orquestras tradicionais. Conta com violinos, violoncelos e flautas, mas também com guitarras elétricas, bandolim, viola caipira, percussão, entre outros. Do folclore ao erudito, passando pelas improvisações do jazz americano (mas com linguagem brasileira), pelos ritmos brasileiros (como baião, frevo, maracatu, entre outros) e com melodias de diferentes influências, como árabe, indiana, flamenca, André Marques compõe e faz arranjos com novas fusões e sonoridades para a orquestra.

 

Leia também: Transplante renova esperança de pacientes renais

 

Pianista, compositor e arranjador, o paulista André Marques faz parte do grupo de Hermeto Pascoal desde 1994. Com ele, excursionou por todo o mundo, participou dos mais importantes Festivais de Jazz e teve sua atuação comentada em jornais como “The New York Times”(EUA) e “The Guardian”(Inglaterra), entre outros. Fora o seu trabalho com Hermeto, André já tem uma sólida carreira através de várias formações musicais que já lhe renderam um total de 14 CDs gravados. É integrante do Trio Curupira e André Marques Sexteto, grupo que em 2017 lançou o álbum DiverCidades.

André Marques teve participações ao lado de grandes nomes da música como o próprio Hermeto Pascoal e grupo, Ari Hoenig, Natan Marques, Arismar do Espírito Santo, Jane Duboc, Luciana Souza, Roberto Sion, Arrigo Barnabé, Renato Teixeira, Nenê, Heraldo do Monte, Hamilton de Holanda, entre outros.




Comentários
})(jQuery)