HomeCidadesRegião supera a média nacional no Ideb

Região supera a média nacional no Ideb

Nesta segunda-feira (3), o Ministério da Educação divulgou os Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Jundiaí alcançou nota 7,1 no índice. A nota dos alunos do 4º e 5º anos do Município também ficou acima do índice nacional dos anos iniciais do Ensino Fundamental, que foi de 5,8. Já a média estadual foi 6,6. Várzea Paulista alcançou a nota de 6,5. A cidade superou a média das redes municipais – 5,6 e a média da rede pública – 5,5.

Em Jundiaí a educação é a pasta que mais recebe investimentos no Município, com aproximadamente de 30% do orçamento aplicado na área. Na semana passada, durante audiência pública sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LOA) para 2019, a Unidade de Gestão de Governo e Finanças informou que prevê aplicar mais de R$ 592 milhões em educação no ano que vem.

De acordo com o gestor de Educação e vice-prefeito, Rodolfo Braga, o Ideb varzino teve um crescimento de 23% entre 2011 e 2018. Entre as escolas municipais, o Cemeb (Centro Municipal de Educação Básica) Professor João Aprillanti foi o que conquistou a maior nota – 7,4. 

Itu

Em Itu os índices do Ideb apontou que após nove anos ultrapassaram a meta estipulada, apontando o resultado obtido de 6.3, quando a meta projetada para 2017 foi de 6.2.

Leia também: Governo testa trem de passageiros ligando Campinas a Jundiaí

O que é o IDEB

O Ideb foi criado em 2007 pelo INEP (Instituto Nacional de Pesquisas) e reúne, em um só indicador, dois conceitos importantes para a qualidade de educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações.

O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e as médias de desempenho nas avaliações do INEP, no caso dos municípios a Prova Brasil. Ele também fixa metas nacionais, municipais e para as escolas.




Comentários
})(jQuery)