HomeGeralPolíticaA 20 dias das eleições, candidatos reforçam campanhas

A 20 dias das eleições, candidatos reforçam campanhas

Cada um tem suas propostas, mas todos sabem que serão precisos muitos votos para se eleger deputados federais ou estaduais. A 20 dias das eleições, o ritmo aumentou nos comitês e na busca por eleitores. No geral, a maioria está otimista e confiante, ciente do trabalho seu e dos assessores.

Antonio de Pádua Pacheco, o dr. Pacheco, é o atual vice-prefeito de Jundiaí e candidato a deputado estadual. Sua campanha se concentra nas cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ), mas já fez mais de uma reunião – e das grandes – na Capital e em cidades do Litoral, além de outras próximas, como Cajamar, Morato, Franco da Rocha e Itatiba.

“Estou andando bastante – diz ele – e felizmente tenho amigos em todos os lugares, fruto de meu trabalho como médico nos últimos 35 anos”. Em seu projeto, está a Saúde como prioridade. Pacheco defende a abertura do Hospital Regional para o AUJ e tornar o São Vicente prioritário aos jundiaienses. Também promete lutar para instalar no interior o primeiro Hospital Veterinário. Pacheco quer a criação de creches de idosos e a elevação do Aglomerado à condição de Região Metropolitana.

O vereador Marcelo Gastaldo, de Jundiaí, é candidato a deputado federal. Sabe que o número de votos necessários para se eleger vai depender de uma série de fatores – nas últimas semanas intensificou o corpo-a-corpo com os eleitores, sem descuidar das redes sociais. “Estou visitando muitas cidades, estou entusiasmado e a campanha está acima do esperado”, afirma ele.

Gerson Sartori, candidato a deputado federal. Foi vereador em Jundiaí duas vezes e uma presidente da Câmara. “Apesar de notar que o povo tem uma certa mágoa da política, isso não acontece comigo, diz ele. Minha proposta é parecida com a da maioria dos eleitores – valorizar quem trabalha e quem produz”. Gerson acredita que sua boa aceitação é fruto de uma relação de confiança: “Hoje não existe mais espaço para quem aparece de 4 em 4 anos”, finaliza.

Outro candidato a estadual é o advogado Thomás Capeletto, vereador em Itatiba. Além de sua cidade, Thomás tem andado por Campinas, algumas localidades do interior e na Capital. “Estou sendo bem recebido, minhas idéias são bem aceitas, e o que os eleitores me dizem é que estão levando em conta o fato de eu ser ficha limpa”, afirma.

 

Leia também: Em busca de novas histórias, Apae Jundiaí completa 61 anos

 

O advogado Aurélio Santucci é candidato a deputado estadual pelo Avante. Já presidiu partidos, foi candidato a vereador mas é a primeira candidatura a estadual. Está andando por todo o estado, defendendo seu projeto de não abandonar o cargo durante o mandato, de lutar pela construção de casas populares e de dar mais condições aos hospitais. “Estou sentindo que o povo não quer reeleger os que estão lá, há descontentamento geral”, afirma. Aurélio está distribuindo um impresso com as atribuições de um deputado.

Dono de mais de 7 mil votos em 2016, o vereador Gustavo Martinelli, atual presidente da Câmara de Jundiaí, é candidato a deputado estadual. Sua campanha se baseia nas cidades da região, notadamente as do Aglomerado Urbano. “As reuniões têm sido produtivas, diz ele. O eleitor está em busca de um voto regional, escolhendo pessoas que conheçam a realidade das cidades. E essa opção tende a crescer”. Martinelli acredita que votos em branco, nulos e as abstenções passem de 100 mil em Jundiaí.




Comentários
})(jQuery)