HomeGeralPolíticaPaís tem 147 milhões de eleitores, maior parte mulheres

País tem 147 milhões de eleitores, maior parte mulheres

Na conta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) estão, além dos eleitores inscritos nas 5.550 cidades brasileiras, os que moram em 171 lugares de 110 países. O que significa que não serão os 147,3 milhões cadastrados no TSE os votantes em outubro – muita gente promete se abster, preferindo pagar a multa de quase quatro reais.

Os dados sobre eleitores foram divulgados na quarta-feira pelo presidente do TSE, ministro Luiz Fux, que deixa o cargo no dia 15 próximo, e será substituído pela ministra Rosa Weber.

O número de eleitores aumentou 3% em relação a 2014, ano das últimas eleições nacionais. Jovens de 16 e 17 anos representam 0,95% – 14% a menos que em 2014. A proporção do eleitorado é a esperada – a maioria é de mulheres.

Segundo o TSE, há 77,3 mihões de eleitoras – 52,5% do total. Homens são 69,9 milhões, ou 47,5%. Na questão de idade, a maior parte dos eleitores tem entre 45 e 59 anos – 24,26% do total. Em seguida estão os que têm entre 25 e 34 anos, com 21,15%. 11,12% dos inscritos têm mais de 70 anos, ou seja, votam se quiser, não são obrigados.

São Paulo tem o maior número – 33 milhões. Em seguida estão Minas Gerais (15 milhões) e Rio de Janeiro (12 milhões). E nem todo mundo estudou o necessário – somente 13,5 milhões de eleitores têm ensino superior; 38 milhões têm o fundamental completo, e pouco mais de 33 milhões declararam ter ensino médio.

Neste ano há ainda outra questão – o uso do nome social para eleitores transexuais e travestis. Pouco mais de seis mil pediram a mudança – 1,8 mil em São Paulo, 647 em Minas Gerais e 426 no Rio de Janeiro. Dos que moram no Exterior, só cinco pediram para usar o nome social.

Até agora, 940 mil eleitores declararam ter algum tipo de deficiência física ou mobilidade reduzida. Por isso pediram transferência para seções que tenham acesso facilitado. A maioria é de cadeirantes. O prazo para quem precise trocar de seção por causa disso termina dia 23 de agosto. Seções especiais, segundo orientação do TSE, devem ter rampas e ficar, preferencialmente, no andar térreo.




Comentários
})(jQuery)