HomeCidadesFrancisco MoratoDDM de Morato tem 36 medidas protetivas em julho

DDM de Morato tem 36 medidas protetivas em julho

Em época em que mais casos de feminicídio tomaram as televisões, jornais e redes sociais, a Lei Maria da Penha completou 12 anos na semana passada.. Em Francisco Morato, a Delegacia da Mulher (DDM) realizou 36 medidas protetivas em julho e um caso de descumprimento da medida foi encaminhado para apreensão neste mês.

A DDM realiza medidas protetivas, representações, boletins de ocorrência, orientações entre outros casos. Esses números, são apenas os recebidos pela Delegacia da Mulher e não incluem os dados da Delegacia de Polícia de Francisco Morato.

De acordo com a delegada Marilda Romani, os casos mais comuns registrados são de violência física e moral e as idades variam entre mulheres de 17 a 60 anos.

 

Leia também: Se virar lei, projeto pode acabar com a buraqueira

 

“As mulheres têm se empoderado e com isso as desistências têm diminuído. Recebemos um caso recente de uma mulher de 60 anos, casada há 30, que resolveu denunciar o marido depois de todos esses anos. Peço para que as mulheres não se esmoreçam diante da situação e que continuem firme para que as investigações sejam concluídas e os números diminuam”, afirma a delegada.




Comentários
})(jQuery)