HomeCidadesAtibaiaJustiça bloqueia R$ 12 milhões do prefeito de Atibaia

Justiça bloqueia R$ 12 milhões do prefeito de Atibaia

O prefeito de Atibaia, Saulo Pedroso, teve seus bens (R$ 12 milhões) bloqueados pela juíza Adriana da Silva Frias Pereira, da 1ª Vara Cível de Atibaia. Outras quatro pessoas também fazer parte da sentença. O motivo é de denúncias do Ministério Público sobre fraudes na concorrência de material escolar. A promotora do caso é Regina Bárbara Murad Louzada.

Os outros envolvidos são João Alberto Danula, diretor do Departamento de Compras e Licitações da Prefeitura, Jairo de Almeida Bueno, secretário de Administração, Alexandre Lunardi e Daniel Luís da Silva, empresários donos da empresa que ganhou a concorrência.

 

Leia também: A ameaça do “não voto”

 

A juíza afirma que, em análise preliminar do caso, “verifica-se a possibilidade de ocorrência de alienação, oneração e ocultação dos bens dos requeridos, prejudicando, em eventual fase de cumprimento de sentença, o ressarcimento de eventuais danos causados ao erário em razão das condutas imputadas aos requeridos”.

Como é comum e óbvio em casos assim, a Prefeitura de Atibaia nega as acusações e afirma estar à disposição para esclarecimentos.




Comentários
})(jQuery)