HomeCidadesItuItu devolve mais de R$ 2 milhões de medicamentos ao Estado

Itu devolve mais de R$ 2 milhões de medicamentos ao Estado

Aproximadamente 8.160 itens da Farmácia de Alto Custo (Componente Especializado da Assistência Farmacêutica) foram devolvidos ao Governo do Estado neste mês de junho, o que representa um montante de mais de R$ 2 milhões. Essa devolução ocorreu porque 242 dos 2.238 pacientes cadastrados no programa não fizeram a retirada dos medicamentos no prazo estipulado.

A Farmácia de Alto Custo, como o programa é conhecido popularmente, é de responsabilidade do governo estadual. Cabe à Prefeitura a retirada dos itens em Sorocaba, município ao qual está vinculada, e disponibilizar funcionários e espaço físico para a entrega dos itens. Todo o trâmite e prazos do programa são determinados pelo Estado. Caso o paciente ou responsável não retire o item na data indicada, ao final do expediente a Prefeitura comunica o Estado, que autorizará ou não um novo dia para a entrega.

 

Leia também: Valinhos inicia obras de prevenção a enchentes

 

 “A equipe da Secretaria de Saúde de Itu orienta os pacientes a respeitarem a data de retirada do medicamento ou colírio, a fim de evitar que o tratamento seja prejudicado. Há medicamento na listagem da Farmácia de Alto Custo que custa R$ 8 mil e, às vezes, pela perda do prazo de entrega, o tratamento é interrompido por um mês. Enquanto Secretaria, temos que respeitar as normas de devolução estabelecidas pelo Governo do Estado”, esclarece a secretária municipal de Saúde, Janaina Guerino de Camargo.

Nos casos em que o paciente comparece para a retirada e o item não está disponível é porque o Estado não realizou a entrega. Então, uma nova data é agendada de acordo com a previsão de entrega dada pelo Estado. No entanto, dados da Secretaria de Itu registram que cerca de 50% dos pacientes não retornam à unidade para a segunda retirada e, seguindo as normas, o item é devolvido ao Estado. Existe um transtorno operacional, mas o maior prejuízo é do próprio paciente.




Comentários
})(jQuery)