HomeArticulistasComunicação, postura e liderança

Comunicação, postura e liderança

Olá, pessoa! Um assunto que voltou a tomar conta de quem trabalha com educação corporativa é a Comunicação para a Liderança.

Muito se discute também se um líder nasce pronto ou se ele vai se transformando até criar autoridade no meio em que circula.

Costumo dizer que, independente de se nascer para ser líder, ter uma ‘estrela na testa’ para apontar o caminho, a liderança pode ser adquirida no moldar do convívio. É um processo de dentro para fora e nunca o contrário.

Um líder não precisa alterar a sua voz – gritar com o subordinado – para adquirir autoridade sobre ele. Não precisa demonstrar a todo o momento uma autoridade que gostaria de ter. Com o tempo, este tipo de postura acaba por minar o bom relacionamento não só com o subordinado, mas com toda a equipe, pois passa a ideia de prepotência, arrogância.

Leia também: Prossegue no final de semana a Festa do Bom Jardim

Dito isto, ao invés de ter uma comunicação voltada para a fala, é necessário primeiro ter uma comunicação voltada ao ouvir, pois é ouvindo que se entende as pessoas. É através desta audição ativa que vamos percebendo como as pessoas vão dando pistas de como costumam se relacionar.

Saber entender o tempo da outra pessoa, a forma como ela se comunica e da atenção de que ela precisa, aos poucos, se vai alimentando o respeito e criando autoridade.

Uma vez neste caminho, nossa forma de comunicar com o outro, além de se aprimorar a cada dia, vai construindo novas relações, sejam elas corporativas ou não. Pense nisso. É isso.




Comentários
})(jQuery)