HomeGeralDia dos Namorados: dicas e cuidados a serem tomados

Dia dos Namorados: dicas e cuidados a serem tomados

O Dia dos Namorados, comemorado nesta terça-feira (12), é um dos mais esperados do ano para alguns pessoas e, consequentemente, uma data vantajosa para os comércios. Por isso o portal Novo Dia, com base nos dados do Procon, preparou algumas dicas e cuidados que devem ser tomados na hora de comprar o presente. 

  • A primeira dica é pesquisar os produtos e serviços que pretende adquirir. Atualmente tanto as lojas físicas quanto as virtuais costumam ter página no Facebook e não custa nada entrar na página e conferir as avaliações feitas por outras pessoas. Se for um produto de uma loja desconhecida dê uma olhada também no Reclame Aqui. 
  • Outra dica é considerar pagar à vista. Muitas vezes fazer uma compra parcelada pode não compensar, faça as contas e veja se o valor do juros está dentro dos padrões ou com valor abusivo.
  • Evite compras feitas com vendedores informais que não fornecem nota fiscal e garantia dos produtos. Além disso, pagamentos efetuados com cartão de crédito não podem ter valor mínimo. 

Alguns preferem presentear com flores, chocolates e muitas são as opções de cestas. Outros preferem ir a um restaurante e, nesses casos, a informação referente à taxa de serviço deve ser prestada no cardápio e na nota fiscal de forma clara e precisa, inclusive, discriminando o valor cobrado e a orientação sobre a cobrança ser opcional.

O estabelecimento também deve informar previamente sobre as cobranças de couvert e de couvert artístico. Em casas noturnas, a cobrança de consumação mínima é ilegal. Conforme o Código de Defesa do Consumidor, é proibido ao fornecedor impor limites quantitativos de consumo a seus clientes.

Leia também: Prefeitura fomenta exportação por empresas jundiaienses

Outra cobrança considerada abusiva é a multa pela perda da comanda. O Procon entende que a obrigação de registrar e controlar todos os itens consumidos é do estabelecimento. Portanto, esta responsabilidade não deve ser transferida para o consumidor.

Já as compras feita pela internet, o consumidor pode exercer o seu direito de arrependimento em até sete dias – contados da data da compra ou do recebimento do produto. Antes de comprar, a boa e velha pesquisa de preços não pode faltar. Fique atento ao valor do frete, à forma de pagamento e à política de troca do site e às informações.

Todo o cuidado é pouco e evitar dor de cabeça é melhor ainda. 

Fonte: Fundação Procon SP




Comentários
})(jQuery)