HomeGeralDAE constrói muro de contenção no rio Atibaia

DAE constrói muro de contenção no rio Atibaia

A DAE trabalha na construção de um muro de contenção na margem esquerda do rio Atibaia. A obra tem como objetivo garantir a captação de água do rio e é realizada na Estação Elevatória de Água Bruta, localizada no município de Itatiba. O investimento é de R$ 235 mil. A previsão é de que as obras sejam concluídas dentro de 60 dias.

“Serão feitos a recuperação parcial da margem esquerda do rio Atibaia, o que envolve a terraplanagem, e o muro de contenção em gabiões”, explica o gerente de Obras Civis da DAE, Jairo Lucas Ribeiro.

Segundo ele, a obra é necessária para manter a captação de água do rio, importante manancial de abastecimento, acionado pela DAE em períodos de estiagem. “O muro visa proteger o barramento no rio Atibaia, bem como as instalações de apoio para captação e recalque da água”, afirma.

Desde o início do mês, a DAE tem realizado a reversão do rio Atibaia. Três bombas, com vazão aproximada de 900 litros por segundo, estão em operação. A decisão pelo acionamento leva em consideração o nível da represa para o período, de acordo com a média histórica, e a previsões disponíveis de pluviometria.

A reversão é possível graças a uma outorga emitida pelo DAEE, publicada em março de 2017. O documento tem validade de dez anos.

As instalações contemplam duas Casas de Bombas, que totalizam sete conjuntos de bombas. A unidade tem capacidade de enviar 1200 litros de água por segundo ao manancial do rio Jundiaí Mirim, por meio de duas adutoras (uma com 700 milímetros e outra com 1200 milímetros de diâmetro). O trajeto até o rio Jundiaí Mirim passa pela rodovia Dom Pedro. A captação do rio Atibaia é monitorada, em tempo real, pelo sistema de Telemetria da DAE.




Comentários
})(jQuery)