HomeArticulistasA voz e a boa comunicação

A voz e a boa comunicação

Olá, pessoa! Neste artigo, vou compartilhar a minha experiência que tenho com relação à voz. Sem dúvida, ela é um fator muito importante para fazer com que uma mensagem chegue até o público e consiga convencê-lo de algo.

Porém, como você utiliza este recurso? Como você emite suas ideias? O que você acha da sua voz? Perguntas como estas são bastante comuns, principalmente agora, em que as pessoas tentam se expressar nas mais diferentes mídias, inclusive pelas redes sociais.

Sua voz impacta ou afasta as pessoas? Você gosta da sua voz? O que os outros acham da sua voz? Saiba que um bom tom de voz é aquele que consegue atrair pessoas para continuar a ouvi-lo. Aqui, vou destacar os três pontos que considero os que mais causam transtorno, seja para quem fala, seja para quem escuta:

 

Leia também: Corpo de bombeiros voluntários volta ao boiódromo

 

Volume: tem tudo a ver com a maneira com que você emite o som. Diferenciar o tamanho do ambiente faz toda a diferença. Apesar de ser algo que pareça simples, tem muita gente sem noção disso e berra a plenos pulmões, independente do lugar onde esteja;

Ritmo: é necessário fazer variações – ora rápido ora lento. Quando você dispara, passa a impressão que quer terminar logo e transmite ansiedade; quando fala lento ou mole, passa a sensação de sonolência e falta de energia;

 Modulação: é a colocação correta das ênfases ou amenizações em termos e expressões. Quando isso não acontece, a apresentação fica monótona e perde todo o impacto que deveria ter.

Para finalizar este artigo, vou deixar você com uma pergunta: Sua voz impacta ou afasta as pessoas? É isso.




Comentários
})(jQuery)