HomeArticulistasMicrofones de púlpito: torcer ou não torcer?

Microfones de púlpito: torcer ou não torcer?

Olá, pessoa! Num dos artigos que escrevi por aqui, fiz questão de mencionar o uso correto do microfone, um dos aparelhos de suma importância para amplificar a nossa mensagem.

Devido algumas perguntas que me fizeram depois, vou dedicar algumas linhas bem rápidas a outro tipo que está sendo muito visto em câmara de vereadores, tribunais, congresso, igrejas e outras instituições: o chamado microfone de púlpito.

Como você pode olhar pela figura, este equipamento ocupa um lugar definido, geralmente fixo, num pedestal próprio: uma haste flexível que se movimenta de acordo com o usuário.

Acontece que muitos destes usuários têm o costume de ficar torcendo este microfone, ora colocando-o à esquerda, ora à direita, ora pra cima, ora pra baixo.

Cabe lembrar que, mesmo tendo toda esta flexibilidade, é recomendável que se faça o alinhamento correto antes de começar a falar. Fazer contorcionismos com os tais microfones de haste flexível, só distrai o público e a você também.

Então, fica assim: Os microfones de púlpito, uma vez alinhados, não necessitam de torção contínua para continuar a amplificar a sua voz. Uma vez posicionado, entregue a sua mensagem e, mesmo tendo vontade de torcê-lo, não faça isso. Entre torcer e não torcer um microfone de púlpito prefira a segunda opção. É isso.




Comentários
})(jQuery)