HomeGeralBrasilLiberação de funcionário para os jogos da Copa não é obrigatória

Liberação de funcionário para os jogos da Copa não é obrigatória

Faltando pouco tempo para a Copa do Mundo na Rússia, brasileiros se programam para assistir aos jogos. Alguns deles serão durante a semana, e as empresas não sabem se devem ou não liberar os funcionários para a torcida.

De acordo com o professor de Direito Trabalhista da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Rio, Leandro Antunes, pela lei as empresas não são obrigadas a liberar os funcionários para assistirem aos jogos, mesmo que sejam da seleção brasileira.

Leia também: Justiça dá prazo de 20 dias para Rápido Sumaré depositar valor de Vale Transporte

“O que muitas companhias estão fazendo é adotar um horário especial nos dias dos jogos mais importantes, como o do Brasil, por exemplo, para que os funcionários possam acompanhar, mas diante a necessidade de compensação dessas horas”, explica o professor.

Segundo ele, na empresa em que não tiver acordo, o empregado terá que trabalhar normalmente mesmo na hora dos jogos do Brasil.




Comentários
})(jQuery)