HomeGeralDoria em Jundiaí. Perfeito, não fosse a falta de energia

Doria em Jundiaí. Perfeito, não fosse a falta de energia

O encontro promovido no sábado passado (5) pelo PSDB de Jundiaí, para apresentar seu pré-candidato ao governo estadual, o ex-prefeito da Capital João Doria, pode ser entendido como uma demonstração de força política. Apareceu gente das cidades da região, vereadores de diversos partidos, e principalmente, eleitores. Calcula-se que havia na platéia entre 1.500 a 2.000 pessoas.

O encontro teve discursos inflamados e críticas ao arqui-inimigo, o PT. Teve Doria acenando ao público com uma bandeira nacional, afirmando que “esta é a minha bandeira, e não aquela com uma estrela vermelha no peito”. Solícito, Doria tirou fotos com quem o procurou, fez selfies e distribuiu abraços e afagos.

Mas teve um inconveniente – o lugar do encontro. Foi na Sociedade Esportiva Caxambu. Faltou energia elétrica por dois motivos. Um deles, a própria CPFL interrompeu a energia para manutenção. O outro, que a ligação do Caxambu não suporta equipamentos mais pesados. Por causa da escuridão e da falta de energia, o evento começou com mais de uma hora de atraso (veja matéria completa aqui).

Descontando o imprevisto, tudo correu bem. Ônibus trouxeram gente de Itupeva, Várzea Paulista e Cabreúva. De Itatiba veio o ex-prefeito João Fattore. De Várzea, o ex-prefeito Clemente Manoel de Almeida e o atual vice, Rodolgo Braga. Vieram também ex-vereadores de Jundiaí e cidades da região.

No final das contas, uma descoberta para muitos: desde o final do ano passado o ex-vereador José Galvão Braga Campos, o Tico, é o presidente do PSDB de Jundiaí. Pouca gente sabia.




Comentários