HomeGeralJustiça suspende abertura da Arena Babel

Justiça suspende abertura da Arena Babel

Os Bombeiros não aprovaram o projeto – a lona que cobre a arena é combustível e não há saídas de emergência. MP pediu cancelamento do show

A prometida abertura da Babel Arena, marcada para às 21h30 desta sexta-feira, não vai acontecer. O Corpo de Bombeiros não aprovou o projeto apresentado pelos organizadores, e sem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), não há alvará da Prefeitura. E sem alvará, o evento fica irregular.

Na manhã desta sexta, o promotor Claudemir Batalini entrou com ação na Justiça para impedir o show, com base nas irregularidades apontadas pelos Bombeiros. Os organizadores também não apresentaram o Estudo de Impacto na Vizinhança, nem o Estudo de Impacto de Trânsito, embora a Unidade de Transportes da Prefeitura tenha afirmado que haveria fluidez a avenida Luiz Latorre.

A Polícia Ambiental também já autuou os organizadores (Luciano Produções e Eventos Culturais Ltda.) por não respeitar a faixa de 30 metros a partir do Córrego do Gramadão, que corta a área, prevista no Código Florestal.
No projeto apresentado aos Bombeiros (agora à tarde os organizadores estariam entrando com novo pedido e novo projeto), havia dois problemas sérios. O primeiro é sobre a lona que cobre a estrutura. Ela não pode ser combustível, e a que foi colocada pega fogo facilmente. O segundo é a falta de saídas de emergência. E agora não há tempo hábil para se trocar a lona.

Leia também: Babel, a arena-aberração, deve abrir na sexta-feira

Outro problema é o volume de som – e todo mundo sabe que shows desse porte exageram nos decibéis. E o velho problema do trânsito e de estacionamento. Embora os organizadores afirmem possuirem vagas suficientes, a previsão é que mais de três mil carros circulem na hora do show na Luiz Latorre. A arena teria mil vagas. Os outros dois mil carros ficariam estacionados nas ruas próximas – e aí seriam mais de oito quilômetros de carros em cima de calçadas e jardins.

Por volta das 16h30 a Justiça concedeu liminar suspendendo a abertura da Arena Babel. Procurada, a Babel afirmou que os portões seriam abertos às 21 horas, porém, quando questionada da liminar, pediu que fosse enviado e-mail para a assessoria de imprensa, que até o momento não retornou com informações.




Comentários
})(jQuery)