HomeGeralSaúde & Bem EstarSaúde confirma terceira morte por febre amarela em Valinhos  

Saúde confirma terceira morte por febre amarela em Valinhos  

O Instituto Adolfo Lutz confirmou na última sexta-feira (16) mais um caso de morte por febre amarela em Valinhos. O paciente, um homem de 41 anos, morreu no último dia 2 de março no Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ele morava no bairro Chácaras Alpinas, área rural da cidade onde há registro de outro caso de morte confirmada pela versão silvestre da doença.

Com a confirmação, sobe para cinco o total de registros positivos da doença no município, com três mortes e dois casos em que os pacientes se recuperaram e passam bem. Há ainda nove casos suspeitos em investigação. Desses nove casos, sete pacientes passam bem e dois morreram.

Durante esta semana, a Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Paraíso está atendendo em horário ampliado: das 9h às 11h e das 13h às 19h. Além disso, a Prefeitura mantém esquema especial de vacinação nas outras 12 UBSs da cidade. O horário vai das 9h às 16h.

Para se vacinar em qualquer uma das unidades não é necessário agendamento, basta comparecer com um documento de identidade com foto, um comprovante de residência ou de vínculo empregatício na cidade (para os casos de quem trabalha em Valinhos, mas mora em outra cidade) e carteira de vacinação (se tiver).

Leia também: Prefeitura orienta sobre retirada de medicamentos de alto custo

Entre janeiro de 2007 e o último dia 12 de março, já foram vacinadas no município 74.121 pessoas, o que corresponde a 59,76% da população. Mas a Prefeitura acredita que esse percentual seja muito superior. É preciso salientar que entre os anos de 2000 e 2006, outras 66 mil pessoas foram imunizadas, mas esse número não pode ser usado como dado oficial de cobertura vacinal, pois muita gente morreu, se mudou ou acabou tomando a vacina novamente.




Comentários
})(jQuery)