HomeArte & LazerAgenda Culturalpeça ‘Fóforos, Nuvens e Passarinhos’ chega a Indaiatuba

peça ‘Fóforos, Nuvens e Passarinhos’ chega a Indaiatuba

A Secretaria de Cultura de Indaiatuba promove neste sábado, dia 10, a peça teatral infantil ‘Fóforos, Nuvens e Passarinhos’, com o Teatro Travessia. O espetáculo tem entrada gratuita e será apresentado às 16 horas, na área externa do Ciaei (Centro Integrado de Apoio à Educação de Indaiatuba).

O espetáculo infanto-juvenil Fósforos, Nuvens e Passarinhos marca os 10 anos do Teatro da Travessia, que continua sua investigação acerca do espaço não convencional e convida a plateia para uma jornada itinerante. Com direção de Simone Grande, a peça começa no interior de uma casa (ou um espaço interno que possa ser adaptado para as necessidades do espetáculo), e segue por espaços externos, tendo em vista o caráter itinerante.

A dramaturgia colaborativa é baseada nos contos O Menino das Capas de Chuva, de João Anzanello Carrascoza (texto inédito e escrito especialmente para o grupo), A Pequena Vendedora de Fósforos, de Hans Christian Andersen, e a saga do menino-passarinho, um fato que aconteceu no bairro de Higienópolis e tornou-se conhecido por meio de uma série de reportagens feitas pela imprensa.

A trilha sonora, composta especialmente para o espetáculo, é executada ao vivo pelos atores, que cantam e tocam alguns instrumentos. São músicas pontuais que auxiliam a narrativa, trazendo o lirismo e o clima de cada cena.

A peça ressalta a questão constante da violência infantil, seja com relação à moradia, ou ao trabalho. Demos voz a histórias que frequentemente são esquecidas, para que as crianças que assistirão o espetáculo ao menos tomem contato com o que se passa ao nosso redor, e que futuramente possam contribuir para diminuir as desigualdades.

O primeiro espetáculo, Dias Raros, baseado na obra de João Anzanello Carrascoza, com direção de Luiz Fernando Marques, estreou em 2008, excursionando diversas temporadas no Brasil e em 5 cidades do exterior, na França e Guiana Francesa.

Em 2010, o grupo foi contemplado no edital público Bolsa Funarte de Residência em Artes Cênicas para a criação do segundo espetáculo, Colóquio Internacional Sobre o Amor. Além do apoio do edital, importantes parcerias somaram-se a esse projeto, como a do diretor Philippe Goudard, da Universidade Paul-Valéry Montpellier III e da Universidade Estadual Paulista (UNESP). A peça estreou em Montpellier, na França, e seguiu em turnê pela região de Languedoc-Roussillon. Em julho do mesmo ano, estreou no Brasil, com temporada em São Paulo e cidades do interior.

Em 2012, o grupo convidou, em sua segunda criação intercultural, a autora e diretora canadense Julie Vincent, da Cia. Singulier Pluriel (Canadá/Québec). O resultado dessa parceria foi o espetáculo Conto sobre mim. A peça surgiu a partir da tradução e adaptação dos contos da autora canadense, da obra intitulada La Robe de Mariée e de contos de João Anzanello Carrascoza, escritos exclusivamente para o projeto. Conto sobre mim teve sua estreia em abril de 2014, no Quebéc, Canadá e, no Brasil, em agosto de 2014.

Em 2016 o grupo comemorou uma década de existência com a criação do quarto espetáculo, Fósforos, nuvens e passarinhos, contemplado no Prêmio Zé Renato deTeatro para a cidade de São Paulo.




Comentários
})(jQuery)