HomeJundiaíZoonoses faz varredura em área com registros de casos de raiva animal

Zoonoses faz varredura em área com registros de casos de raiva animal

A Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) desencadeia ação de orientação aos moradores do bairro Rio Acima, nas áreas no entorno das propriedades onde foram registrados dois casos positivos de bovinos com raiva. Nessa segunda fase de trabalho, os agentes verificam o percentual de cães e gatos vacinados para analisar a cobertura vacinal.

Até segunda-feira (26), a cidade registra sete animais mortos suspeitos pela doença, sendo: dois confirmados, três em aguardo de resultado e dois impossibilitados de coleta de material. A raiva é uma doença viral que infecta o sistema nervoso central, causando encefalopatia e morte. Nos animais, os sintomas são falta de apetitem dificuldade para caminhar, sinais de convulsão e salivação intensa. A contaminação ocorre por contato, seja com saliva ou secreção. O último registro de raiva em Jundiaí foi em dois morcegos insetívoros, localizado em área urbana, em 2015. Em animal doméstico de grande porte os registros de mortes em bovinos e equinos datam de 2002. 

” É importante fazer a orientação sobre os riscos da doença e a necessidade de vacinação dos animais domésticos. No caso de cães e gatos, a UVZ disponibiliza gratuitamente a vacina antirrábica durante o ano todo. Já no caso de animais de produção, cabe aos proprietários providenciar a vacinação através dos veterinários que os assistem ou aquisição em agropecuárias”, comenta o veterinário da UVZ, Luis Gustavo Grijota Nascimento.

Leia também: Prazo para realizar prova de vida do INSS encerra nesta quarta-feira (28)

Desde o registro da suspeita da doença na área, os agentes já realizaram visitas às propriedades num raio de 1,5 km da ocorrência para orientar a população e levantar informações.




Comentários
})(jQuery)