HomeCidadesCajamarJustiça obriga Prefeitura demitir 400 comissionados

Justiça obriga Prefeitura demitir 400 comissionados

Segundo a Prefeitura, todos foram para a rua na última sexta-feira. Mas eles já estão fazendo falta à cidade

Cajamar sempre foi meio complicada. Atualmente, Prefeitura e Câmara não se entendem. A prefeita titular, Ana Paula Ribas, foi afastada por ordem da Justiça, enrolada em problemas. No seu lugar está a vice Dalete de Oliveira. Na semana passada, a Justiça deu prazo para que até segunda-feira (29) fossem demitidos 400 funcionários em cargos comissionados.

Essa gente ocupava cargos que no entendimento da Justiça deveriam ser ocupados por funcionários concursados. A encrenca começou bem antes, em 2009, quando o Tribunal de Justiça mandou que se fizesse reforma administrativa. Bem que se tentou, mas em novembro a Câmara não aprovou tal reforma, que reduziria os cargos de 600 para 227.

Leia também: Parceria garante revitalização do calçadão da Jordano Mendes

A Prefeitura assinou um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), resultado de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), se comprometendo a limpar a área. O rapa começou na semana retrasada e terminou na sexta passada (26).

Agora a situação ficou bem complicada. Sem os comissionados, Cajamar está assim: um funcionário na Contabilidade, Planejamento e RH fechados e cinco unidades de saúde sem atender ninguém – não há pessoal disponível.

Comentários
})(jQuery)