HomeGeralTrânsitoEstação de trem de Várzea Paulista será paralisada domingo (11)

Estação de trem de Várzea Paulista será paralisada domingo (11)

A Prefeitura de Várzea Paulista informou na tarde desta quinta-feira (8) que a Estação de trem de Várzea Paulista será paralisada, neste domingo (11), para a execução de mais uma etapa nas obras no Viaduto da Ponte Seca. Quem precisar se locomover  haverá ônibus gratuitos com destinos entre Estações de Campo Limpo, Várzea Paulista e Jundiaí. 

Esta etapa no Viaduto da Ponte Seca tem como objetivo colocar vigas e pré-lajes içadas ao longo de todo o dia e parte da noite. A Prefeitura de Várzea Paulista gerenciará o processo, que envolverá a suspensão das atividades das Estações Ferroviárias da cidade e de Jundiaí. À medida é necessária para a  segurança da população.

“Com a conclusão da etapa, a construção fica pronta para a pavimentação e finalização das proteções laterais”, informou o gestor municipal de obras, Josué Santana. O administrador participou de uma reunião com representantes da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e de outros departamentos envolvidos e ficou definido que haverá ônibus gratuitos para quem estiver no trem e desembarcar na Estação de Campo Limpo Paulista, com destino a Várzea Paulista ou Jundiaí. Quem estiver nas outras duas cidades e quiser se dirigir a Campo Limpo Paulista ou Jundiaí também contará com o transporte gratuito até elas. Os pontos de embarque e desembarque serão as próprias Estações.

Horário dos ônibus

Das 4 às 7 horas, haverá três ônibus por hora, entre Campo Limpo Paulista e Jundiaí; das 7 às 14 horas, seis ônibus por hora; e das 14 às 20 horas, nove ônibus por hora. Todos eles passarão pela Estação de Várzea Paulista.  

Haverá 12 agentes de relacionamento com a comunidade, da Prefeitura de Várzea Paulista, distribuídos nas três Estações, para informar a população e tirar dúvidas. Todos estarão identificados com um jaleco.

Próximas etapas

Serão feitas as pavimentações do trecho da Rua Manoel Dias Ruivo, que dá acesso ao Viaduto, além das alças que o ligam à Avenida Marginal do Rio Jundiaí e outras adequações finais. As proteções laterais serão finalizadas nas alças e colocadas no eixo principal da elevação. Também será instalada a iluminação da ligação. O término da obra está previsto para março.

Sobre a obra

A construção consiste em uma passagem superior à linha férrea, para ligar o bairro Ponte Seca à Avenida Duque de Caxias, no trecho próximo ao Jardim Promeca. A via alternativa permitirá acessar bairros das Zonas Norte e Leste do município e desafogar o Viaduto dos Emancipadores, sobrecarregado em certos horários.  

A obra é fruto de um convênio com a Casa Civil do Governo do Estado de São Paulo (antiga Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Regional).




Comentários
})(jQuery)