HomeJundiaíAssistência Social inicia projeto com detentos do CDP

Assistência Social inicia projeto com detentos do CDP

A Unidade de Assistência e Desenvolvimento Social começou na semana passada um projeto de combate à violência com presos do Centro de Detenção Provisória Marcos Antônio Alves Bezerra de Jundiaí. O Voz da Consciência, nome apontado por seleção interna, é voltado aos 45 detentos que respondem por crime de violência doméstica.

A metodologia de trabalho é direcionada a grupos moderados pela diretora de Proteção Social Especial, Ariane Goim Rios, e pelo psicólogo Luiz Guilherme Camargo. Os três encontros em grupos terão espaçamento quinzenal e neles serão abordados temas como desnaturalização da violência como construção social, reflexão sobre as violências de gênero e doméstica, quebra de estigmas e preconceitos, reflexão sobre as dinâmicas de relacionamentos familiares e afetivos e o desenvolvimento de ferramentas e recursos pela não violência.

Leia também: Nova diretoria-executiva do Sinderjun tomou posse nesta quinta-feira (1º)

A proposta começou com capacitação em novembro do ano passado, como parte da programação da campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. Na ocasião, a atividade foi direcionada a 26 detentos provisórios.




Comentários
})(jQuery)