HomeCidadesItuRegimento Deodoro de Itu completa cem anos

Regimento Deodoro de Itu completa cem anos

São cem anos sob a denominação de 2º Grupo de Artilharia de Campanha Leve. Unidade militar é das mais tradicionais

Os cem anos do Regimento Deodoro, de Itu, serão comemorados às 8 horas do sábado (20), em evento aberto ao público. Haverá formatura da tropa na praça em frente ao quartel e a cerimônia de troca de comando com o anúncio do novo comandante do Regimento Deodoro, tenente-coronel Ricardo Alves Pereira.

Pereira dirigia a Escola de Comando do Estado Maior do Exército, no Rio de Janeiro, e agora vai comandar o 2º Grupo de Artilharia de Campanha Leve de Itu. O atual contingente conta com 50 oficiais superiores, 100 sargentos, 100 cabos e soldados e 250 recrutas.

A história do Quartel de Itu começou em 20 de janeiro de 1918, quando, com a presença da população ituana, o Pavilhão Nacional foi hasteado pela primeira vez na fachada do quartel. O Regimento foi instalado com contingente de apenas 29 homens, sob o comando do tenente-coronel Raphael Clemente Telles Pires. A data é considerada oficialmente aniversário da unidade.

Em 1919, recebeu a denominação de 4º Regimento de Artilharia Montada (4º RAM), tendo participado da Revolução Constitucionalista de 1932. Em setembro de 1942, durante a 2ª Guerra Mundial, o 4º RAM deslocou-se até o Rio de Janeiro, com o efetivo de guerra do seu 2º Grupo.

Nessa ocasião, escoltado por embarcações e aviões militares, seguiu a bordo do navio Almirante Alexandrino para a cidade de Recife (Pernambuco)

Em seguida, deslocou-se para Maceió-AL, a fim de cumprir missão de guerra. Militares do 2º Grupo do 4º RAM embarcaram para a Itália, integrando a Força Expedicionária Brasileira. Em 1948, o 4º RAM passou a se chamar 2º Regimento de Obuses 105.

Dois anos mais tarde, em 1948, recebeu a denominação histórica de Regimento Deodoro, por solicitação da própria comunidade ituana ao Presidente da República. O nome prestava homenagem ao Marechal Manuel Deodoro da Fonseca, que proclamou a República, pois a cidade de Itu foi um dos berços dos pensamentos republicanos.

Em 1972, o Regimento, recebeu seu novo equipamento de guerra: o Obuseiro Autopropulsado l05mm M 108. Cinco anos mais tarde, em 1977, a Unidade recebeu a denominação de 2º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado, ficando-lhe adida a 11ª Bateria de Artilharia Antiaérea.
Em 1º de março de 2005, o Regimento Deodoro foi renomeado como 2º Grupo de Artilharia de Campanha Leve. Seu material passou a ser o obuseiro Otto Melara, de 105 mm.

Ao lado do quartel há o Museu do Regimento Deodoro, criado em 1998, que possui acervo que relata parte da história do Exército Brasileiro em conjunto com o antigo colégio São Luís.

O 2º GACL recebe visitas aos sábados,domingos e feriados das 9 às 12 horas e das 13 às 16 horas. Para grupos, em dias úteis, a visita acontecerá mediante marcação prévia. Informações: (11) 4022-1184 Ramal 204 – Comunicação Social.




Comentários
})(jQuery)