HomeGeralEducaçãoBE-A-BÁ UNIVERSITÁRIO

Univesp já oferece 950 vagas na região e em junho poderão ser mais 400 – todos cursos superiores de graça

Desde que foi criada, a Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) já recebeu 33 mil alunos em 200 cidades. Na região, são 950 e em junho poderá haver outra expansão, com mais 400 novas vagas. Tida como modelo de democratização do ensino superior – os cursos são gratuitos – mantém cursos na modalidade EAD (Ensino à Distância), mas obriga seus alunos a comparecer onde estão matriculados a cada 15 dias.

Pelo tamanho do projeto, a Univesp está sob supervisão e fiscalização cerrada do vice-governador do Estado Márcio França. Começou com um projeto piloto envolvendo 100 cidades (antes havia alguns polos na Capital), e hoje já está em 200 cidades, com 240 polos.

A Univesp oferece os cursos de Pedagogia, Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, Matemática e Tecnólogo em Gestão Publica. “Fizemos um trabalho visitando cidades em todo o Estado e lançamos um projeto piloto envolvendo 100 cidades e fiz questão, nessa primeira fase, de incluir a nossa região”, afirma Ricardo Bocalon, diretor administrativo da universidade.

No Estado há 33 mil alunos cursando a Univesp. Outros 115 mil ficaram de fora por não conseguirem aprovação nos vestibulares. E o que atrai tanta gente? “Além da oportunidade de fazer um curso universitário de graça, há muita qualidade, explica Bocalon. Os professores – na maioria doutores – são da Usp, Unicamp e Unesp”.

Na região, as cidades que contam com os cursos são Jundiaí, Itupeva, Campo Limpo Paulista, Várzea Paulista, Cabreúva, Louveira e Vinhedo. E há planos de mais expansão e de novos cursos. Jogos Digitais é um dos prováveis.

“São Paulo dá exemplo para o Brasil com a Univesp, que oferece do estudante se qualificar com os melhores professores do Brasil, afirma o vice-governador Márcio França. Estamos empenhados para que todos os alunos do ensino médio possam ter sua vaga garantida na Univesp , com um ensino universitário gratuito, algo único e inédito no Brasil e em boa parte do mundo”, destaca.

E já é praticamente oficial um vestibular para junho. Serão 400 novas vagas nas cidades de Jundiaí, Vinhedo e Cabreúva.

 




Comentários