HomeJundiaíViaduto da Vila Arens completa 50 anos

Viaduto da Vila Arens completa 50 anos

Até 1967, para passar de um lado ao outro dos trilhos da Paulista era na base da raça ou no viaduto da Ponte

O viaduto da Vila Arens, que recebeu o nome de Sperandio Pelliciari (imigrante italiano que instalou uma fábrica de cadeiras em Jundiaí, ou viaduto da Duratex, foi entregue em 1967, pelo então prefeito Pedro Fávaro, que precisou bater o pé para que o projeto fosse concluído nos moldes atuais.

Quando começou a ser construído não faltaram críticas. Diziam que as pistas eram largas demais, que a Prefeitura estava esbanjando dinheiro – na época, a frota jundiaiense não passava de 35 mil veículos.

Falou-se também que o viaduto só estava sendo construído por pressão da Duratex, que havia se instalado por lá em 1954. Hoje a fábrica não existe mais – tudo foi demolido e dará vez provavelmente a uma grande loja de material de construção.

Até então a transposição dos trilhos da Cia. Paulista de Estradas de Ferro se dava em passagens de nível, nada seguras, ou pelo viaduto da Ponte São João, entregue mais de uma década antes pelo então prefeito Vasco Venchiarutti.

Mesmo depois de pronto as críticas continuaram – quando se chegava na Vila Arens, a rua José do Patrocínio era estreita demais para receber o tráfego – de um lado casas, de outro a Argos Industrial. Bem diferente de como é atualmente – parte da Argos foi demolida e a José do Patrocínio foi alargada.

Comentários