Eu sei, vocês nunca ouviram falar de mim. Nem eu nunca ouvi. Estou começando agora, um passo de cada vez.

Há degraus irregulares, os mais altos demoram mais pra subir. Mas tudo bem, o que importa é sempre o caminho, afinal nem sabemos o que há no topo ou se há um topo.

Errei nos sapatos, confesso. Vai ver a graça está em ter de arranca-los e seguir descalça, sentindo o chão, todas as suas diferentes texturas.

Errei na roupa. Mas me despi de mim e resolvi que nua seria mais fácil, já que a cada passo que meu corpo toma, aparece alguém para me vestir ou ao menos tentar.

Solidão. Ninguém me avisou que seria assim, mas tudo bem, eu adoro estar sozinha.

Ofegante. Transpirante. Instigante.

Você nunca ouviu falar de mim. Tudo bem. Eu nunca ouvi falar de ti.

Prazer, sou alguém que vai mudar a sua vida. E você? Veio para tomar café ou um rumo?

Por Beatriz Dias




Comentários