HomeJundiaíDAE: Troca de hidrômetros é por causa da idade

DAE: Troca de hidrômetros é por causa da idade

Empresa está trocando 20 mil hidrômetros na primeira fase. Vida útil dos aparelhos é de cinco anos

Desde que a DAE anunciou a troca de hidrômetros, muitas dúvidas surgiram entre os consumidores. A pergunta mais frequente era por que da troca. O gerente de Controle de Perdas da DAE, Osmar Aparecido Raphael, explica que os aparelhos têm um tempo de vida útil, após o qual podem apresentar defeitos.

A troca de hidrômetros sempre foi feita, mas desta vez ela é mais abrangente – são 20 mil trocas na primeira fase, que começou pela região das vilas Maringá e Comercial. “Não há custo para o consumidor, explica Osmar, uma vez que o hidrômetro é propriedade da DAE”, diz ele.

A média de idade dos hidrômetros em Jundiaí está entre 7,5 a 8 anos. A troca está sendo feita de segunda a sábado em horário comercial por funcionários de uma empresa contratada, que estão identificados e uniformizados. Em caso de dúvida ou suspeita, o consumidor pode consultar a DAE pelo 0800-133-155.

Comentários