HomeArticulistasRodrigo Malagoli100 dias ou não paga nada por isso

100 dias ou não paga nada por isso

Essa foi a promessa feita ao governo da Austrália por Elon Musk ao desenvolver a maior bateria do mundo.

O multibilionário e proprietário da Tesla entregou a maior bateria de lítio do mundo, mesma tecnologia que está em seus celulares só que com capacidade para 100 megawatts. Para se ter uma ideia da potência que é isso, a super bateria é 25 milhões de vezes mais potente do que a bateria do iPhone 8.

O objetivo é abastecer 30 mil residências no sul da Austrália estabilizando o sistema elétrico que sofreu diversos apagões este ano por conta do clima e outras diversidades. Ela funcionará como um plano B, em caso de apagões e sua operação será com carga máxima sendo que o excedente será repassado ao sistema de energia tradicional diminuindo a produção de energias que emitem poluentes como as termoelétricas.

A super bateria renovável foi uma aposta de Musk que, para fechar contrato, prometeu entregá-la em cem dias ou não precisaria ser pago. Pois bem, ele conseguiu concluí-la em menos tempo e o governo teve de desembolsar dos cofres australianos US$ 50 milhões (cerca de R$ 160 milhões).

A obra já está pronta mas o início de operação será dia 1º de dezembro. Com isso a Tesla teve tempo de sobra para fazer os testes operacionais e garantir a máxima eficácia do projeto.

Com isso a Austrália do Sul será líder em energias renováveis, com armazenamento em baterias. Essa etapa é uma parte importante para a produção de energia segundo o novo governante do estado, Jay Weatherill, que não deve ter ficado triste em ter pago para ver.

Comentários