HomeCidadesProposta de Bocalon: Itupeva assumir a rodovia

Proposta de Bocalon: Itupeva assumir a rodovia

Cansado dos mandos e desmandos que o Departamento de Estrada de Rodagem (DER) vem tendo com a cidade de Itupeva, o prefeito Ricardo Bocalon demonstrou sua insatisfação durante uma reunião com moradores e empresários que tem comércios e indústrias que margeiam a Rodovia Vice-prefeito Hermenegildo Tonolli, no auditório do Paço Municipal
O DER quer criar vias marginais, mas isso vai mexer com 70 famílias ligadas ao comércio e à indústria. Bocalon é contra, e propôs que Itupeva assuma o trecho que vai do Portal à Praça do Milênio.
“O que eles propõem é impossível de ser feito, não dá para fazer isso, eles querem que a prefeitura pague a desapropriação e vocês (moradores e empresários) paguem a obra”, disse indignado o prefeito que propôs durante o encontro a municipalização do trecho.
Na realidade o DER quer moleza – construir as marginais sem gastar dinheiro, e ainda colocar placa no lugar como se fosse obra sua. O que o DER cuida pra valer na rodovia Hermenegildo Tonoli é das multas, tanto dos radares fixos quanto dos móveis.
“Eu quero a concessão. Se o governo der a concessão de uso para nós, a gente passa a administrar esse trecho, o que é muito mais vantajoso para todos. É melhor dialogarmos e criarmos soluções do que viver sobre a intransigência do DER, de viver sobre essa pressão, essa tortura de ficar ameaçando fechar, de que vão por guard rail em tudo”, diz Bocalon.
Os empresários e moradores aderiram à postura do prefeito e se comprometem para a luta pela municipalização da Rodovia, como foi o caso de Manoel Siqueira, proprietário do Posto do Mané. “Eu não esperava algo diferente dele, tinha a certeza que o prefeito ficaria do nosso lado nesse luta, estaremos juntos nessa empreitada”, afirma.
Rodolfo Chinelatto, da FA Oliva, vê com bons olhos a municipalização da Hermenegildo e diz que é imprescindível a postura adotada pelo prefeito diante do caso. “Foi necessária essa postura que a prefeitura tomou diante dessa proposta do DER. A gente não consegue entender o porquê não foi ainda dado à concessão do trecho para o poder municipal. O governo do estado não terá custo nenhum, pelo contrário, é um beneficio tanto para ele quanto para o município, acredito que a municipalização desse trecho é o caminho certo a ser seguido”, diz ele.
Bocalon e DER se estranham há algum tempo. No final de setembro, por exemplo, o intransigente e pedante DER fechou a rotatória da rodovia que dá acesso ao bairro São Roque da Chave. Como as “otoridades” do DER não quiseram conversa, Bocalon foi pessoalmente à rotatória e mandou remover o bloqueio.

Comentários