HomeCidadesObras de distribuição de água reforçam abastecimento

Obras de distribuição de água reforçam abastecimento

A Prefeitura de Louveira prossegue com as obras de implantação de uma adutora de mais de 5 km de extensão entre os bairros Vila Omizzollo e Vila Bossi (Centro), na Estrada da Boiada. Iniciadas em agosto deste ano, as obras têm como objetivo promover maior eficiência no sistema de distribuição de água das duas regiões.
A proposta da Secretaria de Água e Esgoto, responsável pela obra, é interligar os novos reservatórios em construção, em ambos os bairros, com a rede de distribuição de água da cidade. Cada uma das novas caixa d’água terá capacidade de armazenar 1 milhão e 500 mil litros d’água.
Previsto para ser concluído até julho do próximo ano, o duto irá transportar a água da Estação de Tratamento de Água (ETA), próximo aos bairros Leitão e Chácaras Polozzi, para o Reservatório do Bandeirantes, na Vila Bossi (centro), seguindo pelas ruas Armando Steck e Washington Luiz até o reservatório da Vila Omizzollo.
Além dos dutos que levarão água aos dois reservatórios, a Prefeitura já instalou uma nova interligação próxima à caixa d’água existente no Parque dos Estados, além de tubulações no Santo Antônio e no Jardim Juliana, onde a construção de outro reservatório de 1 milhão e 500 mil litros está próximo de ser concluída.
A construção de adutoras e a modernização da rede de distribuição de água faz parte do planejamento da Secretaria de Água e Esgoto para solucionar os problemas de falta de água no município. Além de conquistar outorgas para captação de água e elaborar projetos de represas, o plano de abastecimento conta também com a construção de nove reservatórios que vão duplicar a capacidade de armazenamento de água da cidade.
Do total, quatro já entraram em processo de construção: um no Jardim Juliana, outro próximo ao Clube Bandeirantes, o terceiro na Vila Omizzolo, e ainda um nas dependências do Residencial Mirante do Santo Antônio, onde serão construídas 191 casas populares.
A Secretaria pretende implantar também cerca de 40 km de rede de distribuição de água e outros 40 km de coletor de esgoto em áreas urbanas ainda não interligadas com as estações de tratamento, inclusive em áreas de manancial, como a região rural da cidade.




Comentários
})(jQuery)