HomeArte & LazerVariedadesEditora Abril deixa de publicar a Playboy

Editora Abril deixa de publicar a Playboy

A Editora Abril confirmou que deixará de publicar, a partir de 2016, as versões brasileiras das revistas Playboy, Men’s Health e Women’s Health. O principal argumento da empresa para o fim dos títulos é “a revisão do portfólio de produtos e a readequação das ofertas da Abril à sua audiência, aos seus anunciantes e agências”.
A reestuturação na editora foi iniciada há um ano. Em junho, a Abril vendeu sete de suas revistas para a Editora Caras: AnaMaria, Arquitetura & Construção, Contigo, Placar, Ti-ti-ti, Você RH e Você S/A. No mesmo mês, a empresa criou uma nova divisão ancorada por Big Data (ABD – Abril Big Data) e Branded Content (Estúdio ABC – Abril Branded Content).
Em 2014, a Abril já havia transferido dez outros títulos para a Caras: Aventuras na História, Bons Fluídos, Manequim, Máxima, Minha Casa, Minha Novela, Recreio, Sou+Eu, Vida Simples e Viva Mais. “Temos marcas fortes, marcas respeitadas, que pautam o país em moda, beleza, política, negócios e diversos outros temas, como o mercado automotivo, design e decoração. O que estamos ofertando ao mercado publicitário com muito sucesso é a Jornada do Consumidor”, diz Alexandre Caldini, presidente da Editora Abril.
De acordo com a editora, os assinantes desses títulos terão seus exemplares de dezembro entregues normalmente e poderão optar por outra revista do portfólio Abril, nas versões impressa ou digital. No total, 12 funcionários serão desligados até o final do ano.

Comentários